Formação Modular Financiada

Permitem atualizar ou aperfeiçoar os conhecimentos teóricos e práticos da população portuguesa adulta, bem como elevar os seus níveis de habilitação escolar e profissional.

Destinam-se a adultos, empregados ou desempregados, com idade igual ou superior a 18 anos, que queiram melhorar as suas competências em domínios de âmbito geral ou específico da sua profissão.

Estes cursos conferem a atribuição de um Certificado de Qualificações, ou correspondente, emitido aquando da:

_ Conclusão, com aproveitamento, de uma unidade de formação que integre um dado percurso de formação;

_ Conclusão, com aproveitamento, de um percurso de Formação Modular, que permita finalizar um determinado percurso de qualificação.

empregados e desempregados

O que são?

São formações organizadas em unidades de formação de curta duração (UFCD) de 25 ou 50 horas, capitalizáveis para a obtenção de uma ou mais qualificações definidas no Catálogo Nacional de Qualificações.

Destinam-se a candidatos ativos (empregados ou desempregados), com idade igual ou superior a 18 anos, sem qualificação adequada para inserção ou progressão no mercado de trabalho, ou que pretendam uma requalificação profissional.
DESTINATÁRIOS E CONDIÇÕES DE ACESSO
APOIOs
ATIVOS EMPREGADOS, com especial enfoque nos que estão em risco de perda de emprego, as condições mínimas de acesso variam em função do referencial de base do curso/UFCD:

_ Referenciais de nível 2: habilitações de acesso mínimas: escolaridade mínima obrigatória;

_ Referenciais de nível 4: habilitações de acesso mínimas: 9º ano de escolaridade.

ATIVOS DESEMPREGADOS: as condições mínimas de acesso são habilitações iguais ou superiores ao ensino secundário.
Têm direito a um subsídio de alimentação (todos os formandos que frequentem pelo menos 3 horas por sessão) no valor de 4.77 €/ por dia de formação.

desempregados de longa duração (DLD)

Promoção da inclusão de públicos que se encontram há mais tempo afastados do mercado de trabalho e que, por serem detentores de baixas qualificações, passam por processos de desmotivação e de perda de competências que dificultam a participação na vida ativa e a integração em medidas ativas de emprego para desempregados, em particular em processos sustentados de qualificação profissional, potenciadores de um regresso mais célere e sustentado ao mercado de trabalho.
DESTINATÁRIOS E CONDIÇÕES DE ACESSO
apoios
_ Desempregados de Longa Duração (DLD);

_ Desempregados não DLD (Desempregados longa Duração), com habilitações inferiores ao ensino secundário.
_ Bolsa de Formação;

_ Subsídio de Alimentação por dia de presença, nos dias em que o período de formação seja igual ou superior a três horas;

_ Subsídio de Transporte;

_ Subsídio de Acolhimento;

_ Certificado de qualificações (desde que com aproveitamento e mínimo 90% assiduidade);

_ Seguro de acidentes pessoais.
envelopephone-handsetmap-marker linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram